Manafá faz assistência na vitória do FC Porto B sobre o Torreense

Manafá faz assistência na vitória do FC Porto B sobre o Torreense
Redação com Lusa

Tópicos

O encontro começou de forma auspiciosa para a equipa de Torres Vedras, mas complicou-se com a expulsão o central João Afonso aos 29 minutos. Nilton aproveitou um cruzamento largo de João Mendes para fazer o 1-0 aos 40 minutos e Wendel ampliou para 2-0 aos 70

O FC Porto B bateu este sábado o Torreense, por 2-0, num encontro da sétima jornada da Liga SABSEG, em que os visitantes jogaram mais de uma hora com menos um.

O encontro começou de forma auspiciosa para a equipa de Torres Vedras, mas complicou-se com a expulsão o central João Afonso aos 29 minutos. Nilton aproveitou um cruzamento largo de João Mendes para fazer o 1-0 aos 40 minutos e Wendel ampliou para 2-0 aos 70.

João Vieira enviou uma bola ao poste esquerdo da baliza portista logo aos dois minutos, na sequência de um cruzamento da direita, e o Torreense manteve-se no meio-campo adversário nos primeiros cinco minutos.

Depois desse ímpeto inicial, que causou alguns sobressaltos defensivos ao FC Porto B, os visitantes começaram a recuar e os "dragões" beneficiaram de um livre em posição frontal à baliza contrária. Zé Pedro bateu a falta para o lado esquerdo de Vagner, que estave estava atento e defendeu com os punhos.

O jogo entrou depois numa fase de equilíbrio até que aos 28 minutos João Lameira cruzou, novamente do lado direito, e Diego Raposo desviou a bola para as mãos de Francisco Meixedo.

O aviso foi feito, mas o FC Porto B respondeu de imediato com um movimento atacante que iria deixar o Torreense reduzido a dez unidades, porque João Afonso derrubou Nilton quando este se ia isolar. João Afonso viu o cartão vermelho direto e o FC Porto B ganhou outro livre perigoso.

A expulsão deixou os portistas muito mais à vontade do que até esse momento e forçou o Torrense a recuar para tentar proteger a sua baliza, o que não conseguiu pois Nilton, aos 40 minutos, aproveitou um cruzamento largo de João Mendes para, nas costas de um defensor, rematar e bater Vagner, fazendo o 1-0 com que se chegou ao intervalo.

O Torreense tardou em regressar dos balneários, de tal modo que, aparentemente, o quatro árbitro procurou indagar o que se passava. Quando a equipa voltou, o médio João Cardoso entrou para o lugar do atacante Diego Raposo.

Com essa substituição, o técnico Nuno Manta procurou encontrar um equilíbrio entre os cuidados defensivos e as necessidades ofensivas da equipa num contexto de inferioridade numérica devido à expulsão de João Afonso e de desvantagem no marcador.

O Torreense equilibrou o jogo durante algum tempo e conseguiu disfarçar a inferioridade numérica, mas aos 70 minutos Manafá cruzou da direita e Wendel rematou de primeira e ampliou para 2-0, acabando aí com as veleidades que o adversário ainda podia ter de virar o resultado desfavorável.

Daí até ao fim, o FC Porto B esteve sempre mais perto de fazer o terceiro golo do que o Torreense de reduzir.

O FC Porto B subiu ao terceiro lugar, com 13 pontos, e o Torreense mantém-se na penúltima posição, com quatro pontos

Jogo realizado no Estádio Luís Filipe Meneses, em Vila Nova de Gaia.

FC Porto B - Torreense, 2-0.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Nilton, 40 minutos

2-0, Wendel Silva, 70

Equipas:

FC Porto B: Francisco Meixedo, Manafá (Rodrigo Ferreira, 74), João Marcelo, Zé Pedro, João Mendes, Vasco Sousa (Samba Kone, 74), Sidnei Tavares (ROmain Correia, 82), Bernardo Folha, Nilton (Rui Monteiro, 62), Wendel Silva e Marcus (Umaro Candé, 62).

(Suplentes: Gonçalo Ribeiro, Romain Correia, Samba Kone, Martim, Rodrigo Ferreira, Rui Monteiro, Jorge Monteiro, Umaro Candé e Mota).

Treinador: António Folha.

Torreense: Vagner, Rui Silva, João Afonso, João Paulo, Keffel, Cícero, João Lameira (Duarte Carvalho, 75), Sambu (Frédérico Maciel, 61), Diego Raposo (João Cardoso, 46), João Vieira (Oliveira, 75) e Renato Santos (Picas, 61).

(Suplentes: Léo Navacchio, Frédéric Maciel, Guilherme Morais, Oliveira, João Cardoso, Duarte Carvalho, Picas e Neneco Renteria).

Treinador: Nuno Manta Santos.

Árbitro: Bruno Vieira (AF Beja).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Manafá (23), Nilton (56), Cícero (66), Wendel. Cartão Vermelho para João Afonso (29)

Assistência: 385 espetadores.