FC Porto B perde com Covilhã apesar de reforçado por David Carmo e dos cantos do irmão de Luis Díaz

David Carmo reforçou o FC Porto B num jogo que teve Pinto da Costa e Vítor Baía na bancada

 foto Ivan Del Val/Global Imagens

David Carmo reforçou o FC Porto B num jogo que teve Pinto da Costa e Vítor Baía na bancada

 foto Ivan Del Val/Global Imagens

David Carmo reforçou o FC Porto B num jogo que teve Pinto da Costa e Vítor Baía na bancada

 foto Ivan Del Val/Global Imagens

David Carmo reforçou o FC Porto B num jogo que teve Pinto da Costa e Vítor Baía na bancada

 foto Ivan Del Val/Global Imagens

David Carmo reforçou o FC Porto B num jogo que teve Pinto da Costa e Vítor Baía na bancada

 foto Ivan Del Val/Global Imagens

Nos últimos minutos, Jesús Díaz - irmão de Luís Díaz - assumiu a cobrança dos pontapés de canto e, por duas ocasiões, David Carmo ficou perto de se estrear a marcar com a camisola portista

O Covilhã soube sofrer para vencer hoje por 1-0 na casa do FC Porto B, na primeira jornada da II Liga SABSEG, ao aguentar a vantagem desde os três minutos da partida.

O capitão Gilberto foi o autor do único golo da partida - na conversão de um livre direto que sofreu dois desvios e traiu Francisco Meixedo -, apesar do massacre do FC Porto B, que fez 20 remates contra cinco dos serranos.

O defesa David Carmo, contratado ao Braga por cerca de 20 milhões de euros, alinhou de início na formação de António Folha, tal como Vasco Sousa e Bernardo Folha - que integraram os trabalhos de pré-época da equipa principal dos dragões - e o reforço Wendel Silva (ex-Leixões).

Já os leões da serra, comandados por Leonel Pontes, estrearam no onze seis dos 14 reforços: Pedro Casagrande, Seydine N"diaye, Rúben Ferreira, Nuno Rodrigues, Gildo e Zé Tiago, mas foi um velho conhecido que fez balançar as redes nos primeiros segundos do encontro.

Nos últimos minutos, Jesús Díaz - irmão de Luís Díaz - assumiu a cobrança dos pontapés de canto e, por duas ocasiões, David Carmo ficou perto de se estrear a marcar com a camisola portista, não conseguindo evitar o triunfo do Sporting da Covilhã.

Jogo realizado no Estádio Luís Filipe Meneses, em Vila Nova de Gaia.

FC Porto B - Sporting da Covilhã: 0-1.

Ao intervalo: 0-1.

Marcadores:

0-1, Gilberto, 3 minutos.

FC Porto B: Francisco Meixedo, Rodrigo Ferreira (Jesús Díaz, 83), Zé Pedro, David Carmo, João Mendes (Sidnei Tavares, 66), Vasco Sousa, Bernardo Folha, Rui Monteiro (Martim Fernandes, 66), Samba Koné, Silvestre Varela (Umaro Embaló, 83) e Wendel Silva.

(Suplentes: Gonçalo Ribeiro, Romain Correia, Abuashvili, Martim Fernandes, Sidnei Tavares, David Vinhas, Umaro Candé, Levi Faustino e Jesus Díaz.)

Treinador: António Folha.

Covilhã: Bruno Bolas, Tiago Moreira, Casagrande, Jaime, Rúben Ferreira (Sergio Quintero, 87), Seydine N"diaye, Gilberto, Gildo (Agustin Marsico, 71), Zé Tiago, Kukula (Cornélio, 82) e Nuno Rodrigues (Diogo Rodrigues, 71).

(Suplentes: Vítor São Bento, Diogo Rodrigues, Sena, Sergio Quintero, Jorginho, Cornélio e Agustin Marsico.)

Treinador: Leonel Pontes.

Árbitro: João Afonso (AF Bragança).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Vasco Sousa (02), Gilberto (07), Tiago Moreira (67) e Zé Tiago (83).