PER da SAD Beira-Mar não foi homologado

PER da SAD Beira-Mar não foi homologado
Jorge Maia Valente

Tópicos

Credores têm até sexta-feira para uma base de entendimento que evite o avanço da insolvência que impede a participação da equipa profissional na Liga.

O Processo Especial de Revitalização (PER) da SAD do Beira-Mar conheceu ontem duro revés ao não ser homologado pelo juiz do Tribunal do Comércio de Anadia.

A ausência da identificação dos créditos do clube, na ordem dos três milhões e 100 euros, foi a razão para o chumbo. O plano apresentado pelo administrador de insolvência não contemplou esses créditos inviabilizando o voto do Beira-Mar.

Um entendimento urgente entre credores até sexta-feira é o limite que a SAD do Beira-Mar tem para não avançar definitivamente para a insolvência.

Refira-se que a Liga Profissional não admite SAD/Clubes em situação de insolvência nos seus campeonatos. A par deste problema, o plantel profissional mantém pré-aviso de greve para o jogo de domingo com o Leixões devido a vários meses de salários em atraso que, a confirmar-se, desclassifica automaticamente a equipa das provas da Liga.