"Quem está na Cidade do Futebol tinha de ver e alertar Fábio Veríssimo"

"Quem está na Cidade do Futebol tinha de ver e alertar Fábio Veríssimo"
Redação com Lusa

Tópicos

Declarações de Álvaro Pacheco, treinador do Vizela, na sala de imprensa, após a derrota (2-1) em casa do Benfica, na quinta jornada do campeonato.

A derrota: "O segundo golo acontece depois de chegarmos aos 90+12 minutos, depois do período de descontos dado pelo árbitro. O golo surge de um penálti inexistente e perdermos com um erro claro do árbitro, mais culpa temo VAR, que devia ter ajudado o árbitro. Quem está na Cidade do Futebol [Oeiras] tinha de ver isso e alertar o [árbitro] Fábio [Veríssimo]. O mais importante foi o que fizemos, ao chegarmos aqui e jogarmos olhos nos olhos. Sabíamos que íamos sofrer e o Benfica vinha de um caudal de vitórias."

Satisfação, ainda assim: "Tenho de estar satisfeito, mas fico triste por sair daqui sem pontos. E não saio daqui com pontos porque o Vizela é mesmo pequenino. Não gosto de falar muito. O que eu disse foi que o penálti aconteceu quando já passava do tempo, que não era penálti, não vai ao braço."

Benfica: "Quero dar os parabéns ao Benfica, que ganhou no final e merece o máximo de respeito".