Pacheco apela à intensidade do Vizela: "Quando o Portimonense ganha a bola..."

Pacheco apela à intensidade do Vizela: "Quando o Portimonense ganha a bola..."
Redação com Lusa

Tópicos

O Vizela recebe o Portimonense no sábado, às 15h30, em jogo da oitava jornada da Liga Bwin.

O treinador Álvaro Pacheco afirmou esta sexta-feira que o Vizela deve ser "intenso" e "agressivo" para derrotar um Portimonense "experiente" e regressar às vitórias na Liga Bwin, em partida da oitava jornada, no sábado.

Sem qualquer triunfo desde a ronda inaugural, em que se impôs ao Rio Ave (1-0), a formação minhota ocupa o 14.º lugar da tabela, com cinco pontos, e precisa de "muita concentração" para voltar a vencer, sabendo que tem de ultrapassar um adversário, atual quinto classificado, com 15 pontos, que "sabe aproveitar todos os momentos do jogo", frisou o técnico.

"Sem bola, temos de ser agressivos. Temos de manter a nossa equipa intensa. Sem bola, temos de se capazes de controlar o jogo de profundidade do Portimonense, o jogo exterior e os cruzamentos. Com bola, temos de saber quando e como acelerar. Sem bola, o Portimonense sente-se confortável, e quando a ganha é perigoso", avisou, na conferência de antevisão ao duelo marcado para as 15h30, em Vizela.

O timoneiro pediu, aliás, aos futebolistas azuis e brancos para se manterem "tranquilos e serenos", "focados" no seu jogo com um oponente "à imagem do seu treinador", Paulo Sérgio.

"É uma equipa madura, experiente, muito agressiva e pragmática, que identifica bem os timings de jogo. Neste campeonato, todos os jogos são difíceis", detalhou.

O Vizela, 14.º classificado da I Liga, com cinco pontos, recebe o Portimonense, quinto, com 15, em jogo agendado para as 15h30 de sábado, no Estádio Municipal de Portimão, com arbitragem de António Nobre, da Associação de Futebol de Leiria.