O aviso de Lito Vidigal antes do Sporting-V. Setúbal: "Não há vencedores antecipados"

O aviso de Lito Vidigal antes do Sporting-V. Setúbal: "Não há vencedores antecipados"
Redação com Lusa

Tópicos

Equipa sadina encontra-se em situação muito perigosa na tabela classificativa.

O treinador do Vitória de Setúbal, Lito Vidigal, acredita que a sua equipa pode surpreender, na terça-feira, o Sporting, no Estádio José Alvalade, em jogo da 33.ª jornada da I Liga.

Em conferência de imprensa, o técnico reconheceu as dificuldades que a sua equipa, que está envolvida na luta pela permanência, vai encontrar, mas mostra-se confiante de que a série de seis derrotas consecutivas na prova pode ser interrompida.

"Todos os jogos são possíveis de se vencer. Sabemos que vamos encontrar um adversário difícil, mas nós já conseguimos resultados positivos em Alvalade. Não há vencedores antes dos jogos, por isso, temos de acreditar que, sendo competitivos, sérios e acreditando, temos possibilidade de trazer um resultado positivo de Alvalade", referiu.

Há duas jornadas à frente do conjunto setubalense, Lito Vidigal afirma que nenhum aspeto tem sido descurado no trabalho realizado desde que chegou ao Estádio do Bonfim. "No pouco tempo que tivemos, trabalhámos todos os aspetos do jogo: técnicos, táticos, emocionais e mentais. É importante trabalhar todos esses aspetos, mas há uma melhoria da equipa. Sinto isso. A equipa tem estado mais segura em campo e queremos consolidar isso com pontos. Esperamos consegui-lo já neste jogo", disse.

Questionado sobre as principais cautelas a ter com o Sporting e quais os pontos fortes do adversário, o timoneiro dos sadinos prefere frisar a importância de a sua equipa estar focada naquilo que tem de fazer.

"Como sempre, o Sporting é o eterno candidato, é um clube nacional grande, com excelentes jogadores e investe todos os anos com a intenção de competir e lutar pelo título. Não o tem conseguido. É um clube forte, que nós respeitamos, mas temos de ter consciência, sobretudo, daquilo que nós podemos fazer, respeitando o Sporting, mas acreditando que podemos pontuar em Alvalade", vincou.

O Vitória de Setúbal está neste momento envolvido na luta pela permanência com Paços de Ferreira, Belenenses SAD, Portimonense e Tondela, mas Lito Vidigal não quer ouvir falar nos adversários diretos.

"A minha mensagem para os jogadores é um dia de cada vez. Se calhar, estamos nesta situação porque pensámos muito nisso no passado. Temos de estar focados naquilo em que dependemos de nós, não adianta fazermos futurologias. Temos de pensar no presente, no agora. É muito mais fácil entrarmos dessa forma do que dispersando-nos nos momentos que não conseguimos controlar", disse.

Sobre a possibilidade de o Aves não comparecer na derradeira partida do campeonato diante do Portimonense, o treinador do Vitória de Setúbal opta por não se alongar no assunto.

"São questões que não dependem de mim e nem me quero meter nisso. A única coisa que tenho de fazer é estar focado naquilo que é a minha função como treinador do Vitória. Estar focado no que podemos encontrar, alertar os jogadores para aquilo que nos pode acontecer de positivo e menos positivo neste jogo", vincou.

Frente ao Sporting, o treinador volta a contar com os contributos de Sílvio e Artur Jorge, jogadores que regressam após castigo. De fora das opções ficam o guarda-redes Lucas Paes (lesionado) e o defesa Bruno Pirri (castigado). Quem também não deverá recuperar, por lesão, é o avançado Guedes.

Vitória de Setúbal, 15.º classificado da I Liga, com 30 pontos, e Sporting, terceiro, com 59, defrontam-se na terça-feira, a partir das 19h00, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.