"Nos primeiros jogos vai ser difícil voltar ao nível que tínhamos"

"Nos primeiros jogos vai ser difícil voltar ao nível que tínhamos"
Miguel Nunes Azevedo

Tópicos

O defesa-central do V. Setúbal, João Meira, contou que está a encarar este regresso aos treinos como uma pré-época improvisada e mostrou-se ansioso por poder retomar a competição

O regresso aos treinos coletivos deu a João Meira um vislumbre da normalidade vivida antes da pandemia do novo coronavírus. O defesa-central, que recentemente renovou contrato com o V. Setúbal, elogiou o trabalho do clube e mostrou-se entusiasmado com o aproximar do campeonato.

"Sem dúvida que é um regresso feliz, porque quando acaba o campeonato passam-se duas semanas e nós, normalmente, já só queremos a pré-época e voltar a fazer o que mais gostamos. Quando não estávamos preparados para isso, tivemos de parar", recordou em entrevista ao Canal 11. "Com todas as condições possíveis, o clube tem sido exemplar ao nível da prevenção e segurança. Somos todos testados, já vamos no terceiro teste e estamos em condições de prosseguir", acrescentou.

Os sadinos voltaram ao relvado do Estádio do Bonfim no início do mês, começando a trabalhar em quatro grupos. Na semana seguinte passaram para dois grupos e ontem iniciaram o trabalho coletivo, com todo o plantel a treinar simultaneamente. "Já deu para sentir um pouco da normalidade", constatou o central.

Quanto ao retomar do campeonato, João Meira admite que a preparação física será um desafio. "Nos primeiros jogos vai ser difícil chegar ao nível que tínhamos antes da paragem. Começou agora a Bundesliga e vimos jogadores com queixas físicas", disse o defesa, afirmando no entanto que a ausência de adeptos nos estádios será a mudança mais significativa no retomar do campeonato: "Há clubes que beneficiam com isso. Há equipas para as quais o fator casa é muito importante."