Lito lança farpas à estratégia do Benfica: "Se fossemos nós, era antijogo..."

Lito lança farpas à estratégia do Benfica: "Se fossemos nós, era antijogo..."

Treinador do V. Setúbal elogiou equipa e deixou algumas críticas

Análise ao jogo: "Foi bem disputado, muito equilibrado. Em posse de bola foi 51-49, nas faltas 20-23, nós rematámos mais vezes à baliza. Em cartões amarelos tivemos três e o Benfica quatro e isto quer dizer que foi equilibrado. As oportunidades no final da partida foram as nossas. Conhecemos as diferenças, mas o Benfica fez antijogo no final do Benfica. Se fossemos nós era antijogo. Como foi o Benfica foi a estratégia. Não pensem que não conseguimos perceber as coisas. Os jogadores foram bravos, ambiciosos, criámos situações para finalizar. Há que dar os parabéns à massa adepta do Vitória. Equipa bate-se, é guerreira e merece os adeptos que temos tido."

Derrota belisca trabalho? "Foi uma pena este jogo. No último jogo fora tivemos jogo intenso, agressivo e tivemos menos faltas. Tivemos árbitro que deixou jogar, foi excelente. As faltas acontecem sempre, mas são sem maldade. Hoje o jogo esteve muito tempo parado e isso depende do árbitro também. Faltas quebraram ritmo do jogo. Depois foi a estratégia do Benfica, parou o jogo, meteu bolas dentro do campo. O Benfica tem de ter intenção de jogar mais, marcar o segundo golo e acabar a partida. Podia ter sido jogo mais aberto."

Troca de Berto por Rúben Micael: "Foi opção minha. Com Rúben trazíamos posse de bola. Faltava-nos isso e ele deu-nos isso."