Vitória tem proposta louca em mãos: conheça os valores em causa

Vitória tem proposta louca em mãos: conheça os valores em causa
André Morais/Tomaz Andrade

Tópicos

Encaixe histórico implica uma perda desportiva elevada. SAD vitoriana tem de decidir até ao fim da semana.

O Vitória de Guimarães está em risco de perder Edmond Tapsoba ainda durante esta janela de transferências.

A SAD liderada por Miguel Pinto Lisboa tem em mãos uma proposta com valores muito elevados para vender o defesa-central de 20 anos e vai ter de tomar uma decisão até ao final desta semana, altura em que fecha o mercado de inverno. E a decisão é, no mínimo, complicada. Se por um lado está em causa um encaixe financeiro histórico, por outro a perda desportiva é significativa, tratando-se, muito provavelmente, do jogador do plantel com melhor rendimento ao longo da temporada.

De acordo com o que O JOGO apurou, a proposta pelo internacional do Burquina Faso (nove jogos) situa-se um pouco abaixo dos 20 milhões de euros, mas tem um "handicap" para o Vitória de Guimarães. É que o clube interessado tem urgência no negócio, ou seja, quer uma contratação imediata, o que esbarra na posição do emblema vitoriano, que pretende realizar a transferência no final da época. Ivo Vieira, obviamente, é quem está mais relutante em perder o jogador, cenário que poderia ser um duro golpe nas pretensões da equipa em relação à luta pelo quinto lugar do campeonato.

Como demos conta recentemente, a SAD do clube vitoriano acabou de adquirir mais 20 por cento do passe de Tapsoba ao Leixões - clube onde jogou nos juniores antes de ingressar na formação do Vitória, em 2017/18 - por um valor de um milhão de euros, passando a deter 70 por cento dos direitos económicos do atleta; Deco, empresário do jogador, detém 25 por cento e o Leixões cinco.