Tunisino Chemman sai no final da temporada

Tunisino Chemman sai no final da temporada
Tomaz Andrade/Diogo Leite

Tópicos

Defesa não se afirmou e espera pelo fim da época para pôr um ponto final na relação

Chemmam é cada vez mais uma carta fora do baralho no V. Guimarães. O defesa-esquerdo ainda não se conseguiu impor e, a poucos dias do fim da época, as ausências sucessivas nas convocatórias das equipas A e B fazem com que a saída esteja iminente.

Contratado no início da época ao Ésperance de Tunis, Chemmam começou por ser suplente de Traoré - entretanto transferido para o Basileia -, tendo depois aproveitado a saída do marfinense para tentar garantir a posição. Cenário que não se confirmou, com o tunisino a cumprir apenas 291" de jogo na I Liga; tem, de resto, mais tempo de competição na II Liga: 713".

No último jogo da equipa B (sábado), em que Armando Evangelista não tinha um defesa-esquerdo disponível, a ausência de Chemmam teve justificação: devidamente autorizado, foi à Tunísia tratar de assuntos particulares. Ontem, e depois de também ter falhado o treino da véspera pelas mesmas razões, o defesa voltou a trabalhar sob as orientações de Rui Vitória. Ainda assim, e mais uma vez num quadro de reduzidas opções, Chemmam voltou a não ser chamado à equipa B, desta vez para o jogo com o Sporting, esta tarde.