"Todos cometemos erros, mesmo quando somos muito bons"

"Todos cometemos erros, mesmo quando somos muito bons"
Tomaz Andrade

Tópicos

Treinador do Vitória admite que vai dar oportunidades a alguns atletas no jogo com o Tondela devido ao rendimento em situação de treino, isto num quadro de desgaste elevado de algumas unidades após o jogo em Liège.

Pouco tempo para preparar o jogo: "É gratificante ter este número de desafios, embora o pouco tempo para preparar o jogo seja uma dificuldade, tendo em conta a disponibilidade física dos jogadores. Ontem fizemos um treino de recuperação, hoje voltamos a trabalhar e os jogadores não estão completamente recuperados. Mas nunca vou utilizar isto como desculpa. Os jogadores têm de ter motivação e devem saber interpretá-la, crescendo a cada momento. Temos muito prazer em viver um momento como este. O pouco tempo de preparação não vai condicionar a estratégia para o jogo".

Gestão do plantel: "Há jogadores que procuram espaço para jogar e, de forma natural, poderão haver oportunidades neste jogo. Não faço a gestão do plantel; o que há é uma acumulação de jogos e também o rendimento dos jogadores, pelo que, de forma justa e desde que não se crie desequilíbrios na equipa, as oportunidades surgem, tanto amanhã como no futuro".

Tondela: "É uma equipa competitiva, que tem dado uma boa resposta nos jogos fora de casa. Vai criar-nos problemas, porque tem jogadores rápidos e com técnica. Depois, há sempre uma grande motivação para quem defronta o Vitória. Nós vamos tentar controlar o jogo e dar-lhe qualidade".

Erros individuais dos jogadores: "Exigo concentração nos treinos, nos jogos, em tudo o que fazemos. Mas todos cometemos erros, mesmo quando somos muito bons. Aqui só há um responsável, que sou eu, dado que a escolha dos jogadores é da minha responsabilidade".