Política desportiva e saída de Rochinha desgastaram relação entre Pepa e SAD

Política desportiva e saída de Rochinha desgastaram relação entre Pepa e SAD

Treinador sentia-se à margem e a saída de Rochinha foi disso exemplo, garante fonte próxima do técnico.

O treinador Pepa e a equipa técnica que o acompanha "foram afastados" do V. Guimarães, confirmou esta terça-feira o clube minhoto. É o fim de uma ligação iniciada na época passada e o culminar de uma relação treinador/SAD que se vinha deteriorando.

Segundo apurou O JOGO, Pepa sentia-se colocado à margem da política desportiva do V. Guimarães, sendo Rochinha um exemplo. O extremo foi transferido recentemente para o Sporting, a troco de dois milhões de euros, mas Pepa nunca foi informado sobre as negociações, tomando apenas conhecimento quando o jogador deixou o estágio.

A tentativa de Pepa em obter explicações não surtiu efeito e a relação entre as partes acabou mesmo em divórcio.

O treinador de 41 anos, natural de Torres Novas, ingressou no clube vimaranense em maio de 2021 e conduziu a equipa ao sexto lugar na I Liga, que valeu o apuramento europeu, por via do triunfo do campeão FC Porto na Taça de Portugal. Pepa deixa o cargo a pouco mais de uma semana da estreia oficial do V. Guimarães na temporada 2022/23, com a receção aos húngaros do Puskás Akadémia, em 21 de julho, a contar para a primeira mão da segunda pré-eliminatória da Conference League, marcada para as 20h30.