Pimenta Machado: "Fui ao banco passar uma letra em nome pessoal de 2 500 contos"

Pimenta Machado: "Fui ao banco passar uma letra em nome pessoal de 2 500 contos"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

O antigo presidente Pimenta Machado marcou presença na Gala do Centenário do Vitória de Guimarães

No dia no qual o Vitória celebra o centenário, o antigo presidente Pimenta Machado marcou presença na Gala que assinala o aniversário do clube de Guimarães.

"Talvez ainda faça uma perninha para melhorar isto...", disse, em tom divertido, quando questionado sobre o atual Vitória e se o mesmo estava no ponto onde imaginava que estivesse em 2022.

"Para mim é um dia de grande significado. Estive 24 anos à frente deste clube. Consegui fazer as infraestruturas que o clube tem e é significativo para mim estar aqui", disse Pimenta Machado. "Foram 24 anos... Quando entrei, em 1980, tive de ir ao banco passar uma letra em nome pessoal de 2 500 contos, estávamos cheios de dívidas. Quando saí deixei um património de 72 milhões. Portanto...",. concluiu.