Matheus Índio apresenta-se no V. Guimarães: "Sou um médio com grande qualidade no passe"

Matheus Índio apresenta-se no V. Guimarães: "Sou um médio com grande qualidade no passe"

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Ex-jogador do Trofense assinou um contrato válido até 2025.

Matheus Índio assinou contrato válido até 2025 e depois de vestir a camisola do clube falou, pela primeira vez, como jogador do Vitória de Guimarães. "Acredito que fiz uma grande temporada e escolhi o Vitória pela história que o clube tem. Um clube no seu ano de centenário, quero muito fazer parte desta história e ajudar a equipa da melhor maneira. Acredito que, com as características que tenho e pela minha forma de jogar, poderei potenciar o meu talento e ajudar o Vitória", adiantou, em declarações ao site do Vitória.

O médio de 22 anos deu nas vistas ao serviço do Trofense, transferindo-se agora para o clube vitoriano, pelo qual espera conseguir colocar todo o seu talento em campo. "Sou uma pessoa muito tranquila fora de campo, mas dentro de campo, "viro" completamente, quero ganhar sempre. Sou um médio com grande qualidade no passe, consigo fazer grandes progressões com a bola controlada, chegar na área, sei defender, também tenho uma boa finalização, e com tudo isso, espero poder ajudar o Vitória da melhor maneira possível."

Questionado sobre o que já conhece sobre o seu novo clube, Matheus Índio abordou a dimensão do clube e a força dos adeptos vitorianos. "Já conheço alguma da história, vi bastantes jogos do Vitória pela televisão, e estou ansioso por fazer parte deste grupo. Poder jogar à frente destes adeptos será especial, eles fazem a diferença, são uma grande ajuda, e todos os jogadores sentem-se bem ao jogar com esse calor humano. Posso prometer dedicação total, vou dar o meu máximo para poder ajudar o clube."