João Henriques: a "ansiedade boa" e o que se pode esperar do Vitória

João Henriques: a "ansiedade boa" e o que se pode esperar do Vitória

Novo treinador do emblema minhoto estreia-se amanhã, segunda-feira, no comando técnico, frente ao Boavista (20h15, no Estádio do Bessa).

Ansisoso pela estreia? "É uma ansiedade boa, de esperar que as horas passem rápido para começar a competi com este emblema ao peito. É um orgulho estar no banco a comandar esta equipa no Bessa, que será o primeiro jogo oficial".

O que esperar do Vitória: "Podem esperar um Vitória competitivo, a tentar ganhar os duelos individuais em todos os momentos do jogo, a tentar ser agressiva com e sem bola, especificando na agressividade com bola uma equipa pragmática, a criar situações de finalização e finalizar com sucesso, com gente e com presença na área, e defensivamente procurar a bola o mais rápido possível porque vamos querer ter a bola, queremos ser proativos e não expectantes e uma equipa com os índices máximos de agressividade na recuperação com bola. Daqui para a frente será uma identidade própria do Vitória, procurar os três pontos em qualquer campo".

Boavista: "São duas equipas com muita gente nova e esperamos um adversário à semelhança do que foi as três jornadas, uma equipa com futebol bastante positivo, que quer ter a bola, que coloca muita gente no processo ofensivo, com qualidade individual e bem orientada porque o Vasco Seabra sabe o que quer para a equipa, num campo tradicionalmente difícil. Será um jogo complicado perante um adversário que já vai para o quarto jogo oficial e que já tem o conhecimento de todos os processos que o treinador quer".