Premium Welthon: do processo disciplinar ao empréstimo travado

Welthon: do processo disciplinar ao empréstimo travado

Dois clubes mostraram interesse no avançado brasileiro do Vitória de Guimarães.

Mesmo sem ser uma opção muito utilizada por Luís Castro, Welthon está em foco no mercado de transferências de inverno. Segundo O JOGO apurou, o ponta de lança brasileiro esteve na lista de aquisições do Maiorca, da segunda divisão de Espanha, e também do Aves, em ambos os casos num cenário de empréstimo. O Vitória rejeitou a saída, de maneira a não tirar opções ao treinador na segunda volta do campeonato, na qual está em causa a qualificação para uma prova europeia.

Primeiro foi o Maiorca a revelar interesse em Welthon, mas face à intransigência dos vitorianos o emblema das Baleares contratou o croata Ante Budimir. O Aves chegou depois, numa altura em que José Mota ainda estava ao comando da equipa, mas levou a mesma resposta. Isto porque Welthon é um jogador que agrada a Luís Castro, por ter características diferentes das de Alexandre Guedes e Estupiñán. Aliás, a solução rápida dada ao processo disciplinar instaurado ao jogador, por ter viajado para o Brasil no Natal sem autorização, deveu-se, em boa parte, ao pedido do treinador, o que possibilitou a reintegração nos trabalhos do plantel pouco depois do episódio. Prova de que Castro conta com o jogador é a presença na lista de convocados para o jogo de hoje com o Benfica.