Josué renovou até 2019 e tem nova cláusula de rescisão

Josué renovou até 2019 e tem nova cláusula de rescisão

Central só tinha mais um ano de contrato e a SAD não perdeu tempo a prolongar a ligação, blindando-o por um valor considerável. Em duas épocas tornou-se uma referência.

Esfumou-se o risco de Josué deixar o Vitória de Guimarães como jogador livre. A SAD presidida por Júlio Mendes tinha a situação bem controlada e, a um ano de terminar a ligação, chegou a acordo com o defesa-central de 23 anos para renovar contrato até 2019, elevando-lhe ao mesmo tempo a cláusula de rescisão de três para oito milhões de euros. Será nesta altura a segunda mais alta do clube, atrás da do jovem guarda-redes Miguel Silva, cujo passe passou a estar blindado por uma indemnização de dez milhões de euros quando renovou contrato, em fevereiro.

LEIA MAIS NA EDIÇÃO E-PAPER DESTA SEXTA-FEIRA