"Não funciono com estatutos, idades ou nomes, só olho ao desempenho"

"Não funciono com estatutos, idades ou nomes, só olho ao desempenho"

Ivo Vieira considera que a equipa tem muita coisa em jogo no segundo confronto com o Ventspils e, mesmo com a eliminatória bem encaminhada, não pretende tirar o pé do acelerador

O Vitória vai receber esta quarta-feira o Ventspils com uma vantagem confortável na terceira pré-eliminatória da Liga Europa, mas isso não pode ser sinónimo de abrandamento. Ivo Vieira defende que há muita coisa em disputa e não se refere unicamente ao resultado.

"Temos que estar focados no jogo e em passar a eliminatória, sem pensar que está tudo feito. A equipa pode crescer em alguns aspetos, pode ganhar consistência, deve lutar pela ideia de jogo que está a ser implementada e, claro, tem o objetivo de tentar melhorar a cada dia que passa", disse o treinador do Vitória esta segunda-feira na conferência de Imprensa de lançamento do jogo europeu.

É natural que Ivo Vieira faça algumas mudanças no onze, tendo em atenção o calendário cheio, mas a justificação mais forte não passa pela gestão, mas sim pelo rendimento dos jogadores.

"Olho para o jogo com o objetivo de meter os melhores, privilegiando o desempenho e a competência. Não há jogadores para a Liga Europa, para a Taça da Liga ou para o campeonato, há sim sinais dados pelos atletas em treino. Não funciono com estatutos, idades ou nomes, só olho ao desempenho", justificou, dando conta que a vantagem no confronto com os letões "não vai alterar" a abordagem ao jogo. "É bom que a equipa não tenha sofrido golos e ter nove marcados é razoável. Mas não estou à esperar de bater recordes, a mim os números não me dizem nada", juntou ainda Ivo Vieira.