Douglas não esquece exibição no Dragão: "Treino como os meninos de 22 anos"

.

 foto Fábio Poço/Global Imagens

Guarda-redes do Vitória considera que a exibição que protagonizou no triunfo sobre o FC Porto foi uma das melhores da carreira.

Douglas ainda não esqueceu a exibição que protagonizou no Estádio do Dragão, quando o Vitória de Guimarães bateu o FC Porto por 3-2, em jogo da terceira jornada da I Liga.

Esta quarta-feira, em declarações aos jornalistas, o guarda-redes brasileiro falou sobre essa partida e garantiu que, aos 35 anos, não pensa em deixar Guimarães.

"Quando se ajuda é sempre bom. Um guarda-redes tem de estar permanentemente preparado para ajudar a equipa. Essa contra o FC Porto e uma contra o Braga, na Taça de Portugal [2012/13] foram as duas melhores exibições da minha carreira a nível individual. Ainda bem que nas duas o resultado foi-nos favorável. Aquelas defesas no Dragão foram em momentos cruciais do jogo e foi uma alegria muito grande por ter sido numa partida daquela dimensão. Não sei se foi como marcar um golo, porque nunca marquei um, mas foi uma sensação muito boa", assinalou, prosseguindo:

"Treino como os meninos de 22 ou 25 anos e enquanto tiver essa disposição para o trabalho vou manter-me no futebol. Nunca pensei sair do Vitória, nem nos melhores nem nos piores momentos. Estou muito bem aqui", assegurou Douglas, que vê a paragem para jogos de seleções como "benéfica" para o Vitória.

"Queremos estar sempre a competir, sobretudo após duas vitórias, mas esta paragem também vai ajudar-nos a melhorar, de acordo com o que o treinador nos tem pedido", finalizou.