"Eliminámos em casa o Parma, de Buffon. Essa equipa tinha jogadores incríveis"

"Eliminámos em casa o Parma, de Buffon. Essa equipa tinha jogadores incríveis"

Vítor Paneira diz ter dado o "melhor" em quatro épocas no Vitória e guarda boas memórias.

Entre 1995 e 1999, Vítor Paneira usufruiu do "prazer" de jogar "ao lado de jogadores fortíssimos", ao serviço do Vitória de Guimarães. Numa retrospetiva até esse intervalo de tempo, o ex-jogador não tem dúvidas de que "foram quatro épocas muito boas." "Pude dar o melhor nessa equipa e até ficámos em terceiro lugar, levando a luta pelo segundo lugar até ao fim, juntamente com o Benfica", recordou.

Os grandes jogos desse Vitória, forjado primeiro por Jaime Pacheco e depois por Quinito, "dois grandes treinadores", estão bem presentes na memória de Paneira, especialmente uma inesquecível vitória no Estádio D. Afonso Henriques sobre o Parma por 2-0 (golos de Paneira e Ricardo Lopes) para a Taça UEFA, em 1996/97. "Eliminámos em casa o Parma, de Buffon. Essa equipa tinha jogadores incríveis, era uma das melhores de Itália. Eliminámos também o Standard Liège e fizemos grandes jogos contra o Barcelona, a Lázio e o Anderlecht. Foram grandes momentos, ao mesmo tempo que vencíamos os três grandes. Defrontámos equipas fortes, de grandes talentos, e por isso era mais fácil jogar cara a cara", explicou.