Dodô admite: "Convite do Vitória foi uma surpresa"

Dodô admite: "Convite do Vitória foi uma surpresa"

O defesa chegou ao V. Guimarães cedido pelo Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Convite do V. Guimarães: "Para mim foi uma surpresa porque tinha saído do Coritiba para o Shakthar, não estava a jogar lá, mas já estava bem adaptado, a minha família estava habituada, só que pelo facto de não estar a jogar estava a incomodar-me porque eu tenho 19 anos, quero jogar e tenho o objetivo de representar a a seleção olímpica, daqui a dois anos tem os Jogos Olímpicos [Japão] e encarei esse desafio como uma oportunidade de mudar a minha história no futebol, crescer cada dia mais, o Vitória abriu-me as portas para mostrar o meu valor".

Estreia com uma assistência: "Fiquei muito feliz, até comemorei porque fiz a assistência para o meu colega. Vim com o objetivo de ajudar o Vitória a atingir os seus objetivos esta temporada para demonstrar o meu futebol, um futebol alegre. Procuro ser rigoroso defensiva e ofensivamente e aprimorar cada vez mais".

Objetivos para a época: "Acredito que este será um ano diferente para o Vitória. Eu cheguei agora, mas já tivemos oportunidade de conversar com os meus novos companheiros e estão com o objetivo de atingir a Liga Europa e creio que este vai ser um ano de mudança".

Primeira impressão dos adeptos: "Aqui, os torcedores são fanáticos. No jogo-treino fiquei arrepiado ao ver tantas pessoas. É uma realidade diferente daquela que vivi nos últimos meses. Gosto desse calor e da alegria da torcida".