Queixas vimaranenses sobre o horário do jogo europeu: "É um desabafo que tinha de ter"

Queixas vimaranenses sobre o horário do jogo europeu: "É um desabafo que tinha de ter"

Declarações do treinador do Vitória de Guimarães, antes do confronto com o Hajduk Split, da segunda mão da terceira pré eliminatória da Conference League

Lameiras e André Silva: "Reconheço que o Rúben Lameiras fez um jogo muito interessante em Chaves. O André fez golo, mas não podemos olhar só para isso. O trabalho que ele fez é importante, tal como o Anderson. Valorizo muito o grupo, que está acima de tudo. Há outros atletas que têm estado a um nível fantástico, tinha dúvidas, sinceramente. Foi muito bom aquilo que eles fizeram em Chaves, mas, agora, é fechar esse jogo."

O desabafo para o horário: "Enquanto treinador, valorizo todos os momentos. Podemos jogar apoiado e rápido. O jogo leva-nos para vários momentos. Não sei a estratégia do Hajduk. Estamos preparados para correr riscos. Temos outro tipo de desvantagens. O Hajduk não competiu no fim de semana. Não consigo entender como é que um jogo destes é marcado para as 17h00. Não me vou desculpar com isso, mas é diferente competir às 17h00 ou às 20h00. Aquilo que pedia era bom senso e compreensão por parte de todos. As entidades têm de ter esta sensibilidade, porque não é fácil um jogo destes ser feito às 17h00. É um desabafo que tinha de ter."

Marcação individual a Krovinovic e a outros jogadores? "Não haverá nenhum tipo de marcação individual. São jogadores diferenciados, mas não. Há que colocar o foco na nossa equipa. Temos condições para fazer um bom jogo. Não nos sentimos inferiores."