Exclusivo Reforço do V. Guimarães em análise: "Antoñín Cortés é melhor como ponta-de-lança"

Reforço do V. Guimarães em análise: "Antoñín Cortés é melhor como ponta-de-lança"

Jogador espanhol cedido pelo Granada esteve na época passada no Málaga, onde foi treinado por Natxo González, que explica porque "perde potencial" a jogar como extremo

Reforço do Vitória, por cedência do Granada, Antoñín Cortés começou, ontem, a treinar sob a orientação de Moreno Teixeira, não escapando à praxe dos novos companheiros de equipa. Igualmente por empréstimo do Granada, o atacante de 22 anos esteve na época passada no Málaga, onde fez 31 jogos, três golos e dois jogos. "É bastante potente, joga normalmente como ala, mas considero que é melhor como ponta-de-lança. Gosto mais de o ver nessa posição", contou, a O JOGO, Natxo González, que orientou Cortés no Málaga.

"Tem muito golo e jogou muito bem na ala, mas eu, depois de o treinar, utilizei-o mais como ponta-de-lança ou segundo ponta-de-lança, perto da área, por ser um bom finalizador", indicou.