União exige despromoção do Vitória de Setúbal

União exige despromoção do Vitória de Setúbal

Tal como O JOGO deu conta, o clube madeirense assumiu ter participado disciplinarmente contra o Vitória de Setúbal na FPF por "inscrição e utilização irregular de jogadores"

O União da Madeira, equipa que desceu à II Liga, anunciou nesta segunda feira que participou disciplinarmente contra o Vitória de Setúbal na Federação Portuguesa de Futebol, confirmando a notícia avançada por O JOGO na manhã desta segunda feira.

Em comunicado, a equipa madeirense revelou que "em nome da verdade desportiva e da igualdade entre clubes", intentou junto do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol "uma participação disciplinar" contra o Vitória de Setúbal.

O União alega "inscrição e a utilização irregular de jogadores" e pede a "condenação do Vitória FC, com perda de pontos e consequentemente a descida de divisão".

Na próxima quarta-feira, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional vai reunir-se em Assembleia Geral Extraordinária para decidir, entre outros assuntos, os critérios para a integração do Gil Vicente na I Liga, em cumprimento da decisão proferida pelos Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa, no âmbito do processo comummente designado 'Caso Mateus'.

O União da Madeira defende que e deverá ser repescada a primeira equipa que ficou em zona de descida, sendo contra a disputa de uma liguilha.