Pako Ayestarán: "Não temos desculpas, somos o que somos e a partir daí temos de trabalhar"

Pako Ayestarán: "Não temos desculpas, somos o que somos e a partir daí temos de trabalhar"
Redação com Lusa

Tópicos

O treinador falou em conferência de imprensa de antevisão da partida com o Famalicão

O treinador do Tondela, Pako Ayestarán, disse esta sexta-feira que responsabilidade é a palavra de ordem no jogo de receção ao Famalicão, a contar para a sétima jornada da I Liga.

O Tondela é "uma equipa consciente da responsabilidade que tem", afirmou o técnico Pako Ayestarán em conferência de imprensa de antevisão à receção ao Famalicão, sábado, pelas 20h30, no Estádio João Cardoso.

"Não temos desculpas, somos o que somos e a partir daí temos de trabalhar. Penso que temos qualidade suficiente para ganhar os jogos e jogadores de diferentes características, em diferentes posições, com as condições para sair de uma situação difícil", defendeu.

O técnico espanhol reconheceu a "situação difícil" que o Tondela vive, em que os únicos três pontos conquistados foram na primeira jornada, em casa, frente ao Santa Clara, mas também reconheceu que o Famalicão, que ainda não venceu neste campeonato, "tem a mesma responsabilidade".

"É um Famalicão com a mesma responsabilidade com que nós estamos. É uma equipa com muita qualidade individual, que nos vai pôr as coisas muito difíceis. Ataca com muito critério e com muitos homens e vai-nos dificultar muito as coisas", considerou.

Pako Ayestarán assumiu também que o Tondela tem de se "livrar de qualquer tipo de pressão" e insistiu que o que é preciso ter é "responsabilidade" e "ir para jogo a pensar o menos possível".

Neste sentido, defendeu que tem de, "somente, atuar, porque quando se pensa o jogo bloqueia" e o que o Tondela precisa é que "o jogo tenha intensidade e tenha ritmo e que, tanto a nível defensivo como ofensivo haja muito equilíbrio" na equipa que comanda.

"Trato sempre de dizer aos jogadores que temos de focar a nossa atenção nas coisas que temos de controlar. Não podemos controlar o resultado de amanhã [sábado], podemos controlar o que fazemos no dia a dia para estar preparados e ter um bom rendimento [sábado] e, dependendo do rendimento, temos um resultado ou outro", acrescentou.

Sobre a semana de treinos, após a derrota em casa do Sporting de Braga, por 3-1, o técnico disse acreditar que "a equipa está a dar mostras de estar muito responsabilizada e a trabalhar com muita intensidade".

"Está a vir em cada dia com muita vontade de superar as dificuldades e a trabalhar como equipa, que é a fórmula de obter resultados e de sair de situações difíceis como as que temos", contou.

O Tondela, que está na 18.ª e última posição da tabela classificativa, com três pontos, recebe no Estádio João Cardoso, o Famalicão, também com três pontos e na 16.ª posição, num jogo com arbitragem de João Gonçalves, da associação do Porto.