"Não é fácil contratar agora alguém que solucione os teus problemas"

"Não é fácil contratar agora alguém que solucione os teus problemas"

Natxo González, treinador do Tondela, aborda uma possível incursão no mercado de janeiro após o empate (1-1) frente ao Gil Vicente.

Justiça do resultado: "Podemos considerar um resultado justo, do meu ponto de vista. O controlo de uma equipa, o maior controlo de outra equipa, creio que se impôs uma equipa sobre outra, portanto, acho que se pode considerar justo. Ficas um pouco com a sensação de que não és capaz de conseguir a situação mais clara do futebol, um penálti, que nos tinha permitido colocar-nos à frente, mas não sabemos o que se passou, portanto, é justo".

Problemas na finalização: "Temos mais bola, mas não estamos a transformar em ocasiões e não estamos a ser decisivos nos últimos 35 metros, portanto, a posse de bola sem finalização, sem ocasiões, sem golos não vale de nada, é um pouco a leitura que posso fazer. Estamos a ter problemas nas finalizações, é o terceiro penálti que falhamos em casa e vamos ver se temos de valorizar e procurar outros caminhos".

Sobre o mercado de inverno: "Não é fácil contratar agora alguém que solucione os teus problemas e, por outro lado, estou satisfeito com os jogadores, já jogámos melhor, já jogámos pior, mas estou satisfeito e sabemos qual é o objetivo da nossa equipa".