Tondela 2019/20: Beirões especialistas em milagres de salvação

Tondela 2019/20: Beirões especialistas em milagres de salvação
Conceição Diogo

Tópicos

A temporada 2019/20 arranca com um novo modelo de gestão do clube, um novo treinador e muitas caras novas no plantel - 12 -, que procura a permanência com mais sossego.

Depois da era Gilberto Coimbra, o presidente que conduziu os beirões desde os distritais à principal liga de Portugal, o Tondela arranca hoje para a nova temporada, a quinta seguida na Liga e a primeira da responsabilidade da SAD, presidida pelo espanhol David Belenguer. Acresce ainda uma mudança radical no comando técnico, com um novo diretor desportivo, Luís Agostinho (substitui Carlos Carneiro), e o primeiro treinador estrangeiro, o espanhol Natxo González (rende Pepa), aos quais se juntam para já 12 reforços oficializados. É enorme a expectativa no único representante da Beira Interior, que arranca já com um desafio extra: vencer na primeira jornada.

Os holofotes centram-se na baliza, onde Cláudio Ramos promete continuar a fazer história. O guarda-redes internacional de 27 anos tem a mais longa sequência de jogos na I Liga: 74. Não há ninguém como ele. A defesa é praticamente nova, apenas o lateral direito Fahd Moufi transita da época passada. No ataque, com a saída do goleador Tomané, cresce a ânsia pelos reforços Rubigol e Denilson. O objetivo é não sofrer tanto.

O JÓQUER

Richard Rodrigues: miúdo talentoso que joga simples

O futebol exibido nos jogos de preparação por Richard Rodrigues, 19 anos, cedido pelo Internacional de Porto Alegre, deixou água na boca aos adeptos. Nesta primeira aventura fora do seu país, o brasileiro integrou-se bem no grupo e respondeu à receção calorosa no relvado, acrescentando velocidade e um remate fácil, com o pé esquerdo sempre pronto a premir o gatilho. Destemido, Richard não tem medo de arriscar o 1x1 e promete ser um quebra-cabeças, nunca desistindo de uma bola. Faz toda a frente de ataque, podendo jogar a extremo ou como avançado. O treinador Natxo González tem puxado muito pelo "miúdo", que encaixou bem no esquema tático, emprestando-lhe dinamismo e a alegria de jogar simples, com os olhos na baliza contrária. Os beirões depositam grandes esperanças na sua valorização.

NÚMERO: 13

A SAD do Tondela acumula 13 reforços no plantel, que perdeu a principal referência do ataque: Tomané. As contratações tiveram como prioridade o sector defensivo, com seis caras novas; quatro médios e três avançados completam a lista

PLANTEL 2019/20

Guarda-redes

Cláudio Ramos (Tondela)

Pedro Silva (Tondela)

Diego Silva (Tondela)

Defesas

Moufi (Tondela)

Manu Sanchez (Sevilha)

Bruno Wilson (Braga)

Yohan Tavares (Troyes)

Philipe Sampaio (Feirense)

Ricardo Alves (Tondela)

Jota (Tondela)

João Reis (Tondela)

João Vigário (V. Guimarães)

Filipe Ferreira (Nacional)

Médios

Bruno Monteiro (Tondela)

Pepelu (Levante)

Pedro Augusto (Louletano)

Jaquité (Tondela)

João Pedro (Tondela)

Jonathan Toro (Huesca)

Pité (Tondela)

Avançados

Denilson (Atlético Mineiro)

Jhon Murillo (Tondela)

Richard Rodrigues (Internacional)

António Xavier (Tondela)

Rubilio Castillo (Saprissa)

Rúben Fonseca (Tondela)

EQUIPA TÉCNICA

Treinador Natxo González

Treinador adjunto Nuno Pereira

Treinador adjunto Jaume Delgado

Treinador de GR Pedro Taborda

Preparador físico Sergio Villcampa

PRÉ-TEMPORADA

TOP GOLOS

Xavier e Rúben Fonseca 3

João Vasco 2

Richard Rodrigues, João Pedro, Pité, Tiago Almeida, Pepelu e Rubigol 1

MAIS PRESENÇAS NO ONZE TITULAR

Cláudio Ramos, Moufi, Bruno Wilson, Richard Rodrigues, Xavier, João Vasco e Rúben Fonseca 4