"Esperamos beber uma cerveja fresquinha com o mister no fim do jogo"

"Esperamos beber uma cerveja fresquinha com o mister no fim do jogo"

Em virtude do castigo de Natxo González, Nuno Pereira, adjunto do Tondela, fez a antevisão do jogo decisivo em Moreira de Cónegos

Natxo González foi castigado por oito dias pelo Conselho de Disciplina, na sequência da expulsão na receção ao Braga, e por isso não participou na conferência de antevisão do jogo deste domingo em Moreira de Cónegos, com o Moreirense, no qual não poderá estar no banco de suplentes.

Para analisar o jogo decisivo da época, em que o Tondela precisa de um ponto para garantir a permanência, o treinador espanhol foi substituído por um dos seus adjuntos. "Foi uma semana de trabalho normal, idêntica às outras, o importante é preparamos bem a estratégia de uma forma tranquila e ter a consciência que vai ser um jogo muito importante, é o último, é decisivo para os nossos objetivos", começou por adiantar Nuno Pereira.

O treinador-adjunto do Tondela assegurou que a estratégia a adotar num jogo de tudo ou nada foi bem planeada e que os jogadores estão preparados para a executar na perfeição.

"Dentro da nossa ideia de jogo, que foi preparada ao longo da semana, estamos convictos que vamos atingir o nosso objetivo e levar de vencida o Moreirense, que também é uma equipa forte, que apresenta bons valores. A estratégia foi bem planeada durante a semana, temos bem identificado o que pretendemos em diferentes momentos e os jogadores estão preparados física e mentalmente para enfrentar as adversidade do jogo", garantiu.



No final do jogo com o Braga, Natxo González disse que podia, finalmente, beber uma cerveja fria. Pela confiança expressa no discurso de Nuno Pereira, impunha-se perguntar se estavam preparadas arcas frigoríficas para levar para Moreira de Cónegos carregadas de garrafas de cerveja. "Não, cerveja não. Vamos levar essencialmente confiança, que é importante no grupo de trabalho, e um conjunto de valores que são importantes para o desafio. Esses valores podem ser importantes para, no fim, juntamente com o mister, podermos beber a tal cerveja fresquinha", sublinhou, com um sorriso elucidativo.

"Já podíamos estar numa situação muito mais tranquila, confortável, com a nossa posição definida, mas uma vez que as coisas não aconteceram dessa forma, certamente que essa confiança que transmitimos será importante para termos como prémio a permanência", completou.