Pako Ayestarán: "Para nós vai ser um jogo muito duro"

Pako Ayestarán: "Para nós vai ser um jogo muito duro"

Treinador do Tondela fez a antevisão ao encontro com o Portimonense.

O treinador do Tondela, Pako Ayestarán, admitiu que a receção ao Portimonense, no início da quinta jornada da I Liga portuguesa de futebol, "vai ser um jogo muito duro" dadas as qualidades do adversário.

"É uma equipa muito técnica, com muito jogo no meio-campo e que tem muita largura e com jogadores muito diretos e muito rápidos nas posições avançadas. É uma equipa muito difícil e para nós vai ser um jogo muito duro", assumiu Pako Ayestarán.

Na antevisão ao jogo que abre a quinta jornada, marcado para o Estádio João Cardoso, em Tondela, às 20:30, o técnico espanhol defende que é preciso "pôr toda a energia neste jogo" para conseguir a primeira vitória da época e deixar de lado o medo e ser atrevido.

"Quando estamos com bola temos tido muitas dúvidas com medo de perder a posição e é o que temos tratado de convencer que precisamos de mais atrevimento. Temos qualidade suficiente para gerar ocasiões na baliza contrária, mas precisamos de ser mais atrevidos e perder mais a posição e não estar com tanto medo", admitiu.

Dos jogos anteriores, o treinador quer que sejam esquecidos os resultados, mas deseja que o plantel traga o "trabalho, o espírito solidário e coletivo que tem demonstrado nos desafios anteriores" para o encontro com o Portimonense.

Pako Ayestarán acrescentou ainda que o Tondela tem de "ser capaz de criar mais ocasiões na grande área contrária" e "de chegar com mais jogadores", uma vez que, no seu entender, continua a ser o que "tem faltado nos últimos jogos".

"Os jogos decidem-se em pequenos detalhes e temos de estar, desde o primeiro minuto, muito concentrados, muito intensos, e a acreditar em nós próprios", defendeu o técnico espanhol.

Apto para ser chamado frente ao Portimonense está Tomislav Strkalj, que já recuperou de um traumatismo no joelho esquerdo e excluídos por lesão estão Ricardo Alves, com uma tendinite no tendão de Aquiles direito, Abdel Medioub, com uma lombalgia, e Mario González, com uma mialgia na coxa esquerda.

De castigo, devido ao vermelho direto no último jogo, frente ao Gil Vicente, está o guarda-redes Babacar Niasse, que deverá ser substituído por Pedro Trigueira, guardião que se estreou no Tondela, na última jornada.

O Tondela, 16.º classificado, junto à linha da despromoção, com dois pontos, recebe, pelass 20:30 de sexta-feira, o Portimonense, 13.º, com quatro pontos, em jogo que abre a quinta jornada da I Liga de futebol.