Wolverhampton bate recorde de investimento e tira Matheus Nunes do clássico

Wolverhampton bate recorde de investimento e tira Matheus Nunes do clássico

Sporting aceita uma proposta do Wolverhampton, que poderá ter de pagar ainda mais cinco milhões por objetivos. O médio internacional português tinha rejeitado uma abordagem do West Ham, mas deu o sim aos Wolves de Bruno Lage. Acordo será oficializado em breve e o jogador falhará o clássico.

O Sporting vai transferir Matheus Nunes para o Wolverhampton, clube que vai bater o recorde de investimento num só jogador, ao aceitar pagar 45 milhões pelo médio internacional português - o anterior recorde eram os 40 M€ pagos ao FC Porto por Fábio Silva. O valor total do negócio pode chegar aos 50 milhões, uma vez que podem juntar-se mais 5 M€ por objetivos à quantia inicial.

O interesse dos Wolves e de Bruno Lage no futebolista leonino, de 23 anos, era há muito conhecido e uma nova e decisiva investida, com a intermediação do empresário Jorge Mendes, desbloqueou o processo.

Tanto a SAD verde e branca como Matheus Nunes haviam rejeitado recentemente uma abordagem do West Ham (inferior em 15 M€) mas, desta feita, clube e jogador foram convencidos, quer pelos valores envolvidos, quer pelo projeto desportivo, no caso do jogador. Os leões vão receber uma verba que se aproxima bastante mais da cláusula de rescisão fixada em 60 M€, valor igual ao que tinha antes da renovação em outubro passado.

Quanto ao médio, segundo indicações que chegam de Inglaterra, terá ainda de acertar alguns detalhes do futuro contrato com os Wolves e só isso impede que a transferência possa ser anunciada. De qualquer forma, os lobos acreditam que tudo estará resolvido em breve e, com a prevista oficialização do negócio esta semana, Matheus Nunes já não será opção nos leões para o clássico de sábado, frente ao FC Porto.

Amorim admitira cenário

A saída de Matheus Nunes obrigará Rúben Amorim a encontrar um substituto para um dos seus indiscutíveis, que brilhara nos dois primeiros jogos da época. Morita surge, no imediato, como a solução mais óbvia para jogar ao lado de Ugarte, mas é possível que os leões recorram também ao mercado em busca de uma nova alternativa.

O técnico, recorde-se, havia dito na antevisão ao jogo com o Rio Ave: "Não estou preparado para perder Matheus Nunes mas, se ele sair, no minuto seguinte estarei preparado para isso."

Notícia corrigida às 16h33: Fábio Silva era a maior compra do Wolverhampton e não Jiménez