"Um diretor do Sporting foi agredido por 15 cobardes"

"Um diretor do Sporting foi agredido por 15 cobardes"

Frederico Varandas afirmou à Imprensa que um diretor leonino foi alvo de agressão no final da Supertaça

"Estiveram aqui os presidentes dos clubes, primeiro-ministro, Presidente da República, o secretário de Estado do Desporto e ainda o presidente da Federação. Que vejam o horrível do futebol. Um diretor do Sporting foi agredido por 15 cobardes e selvagens que não podem estar no desporto. Teve de receber assistência hospitalar", disse Frederico Varandas.

Segundo a RTP, terá sido o diretor das Modalidades, Miguel Albuquerque, o diretor alegadamente agredido, conforme mencionou o presidente leonino, no final do encontro, aos jornalistas presentes.

"Isto é uma vergonha, há que ter coragem de banir estes selvagens todos", concluiu Frederico Varandas, tendo apenas feito notar que a agressão terá acontecido após o final do encontro, algures nas imediações do Estádio Nacional, onde o Sporting foi batido por 5-0 pelo Benfica.

Segundo fonte do Sporting, foram adeptos do Benfica que estiveram envolvidos na incidente relatado, na altura em que Miguel Albuquerque se dirigia para a sua viatura.