Exclusivo "Também é verdade dizer que com Coates e Palhinha era mais fácil"

"Também é verdade dizer que com Coates e Palhinha era mais fácil"
António Pires

Tópicos

Nenhum dos treinador ouvidos por O JOGO acredita que Amorim abdique das suas ideias, mas a ausência do capitão e líder é baixa de relevo.

Um teste covid-19 positivo afasta Coates do dérbi de sexta-feira. Uma baixa de peso para o Sporting, ou não fosse o central uruguaio o capitão, líder do setor mais recuado - joga no centro do trio de centrais - e o jogador mais forte no jogo aéreo, defensiva e ofensivamente.

Não obstante esta ausência de última hora, nenhum dos três treinadores que O JOGO ouviu acredita que Amorim abdique do seu sistema bem consolidado. "O Sporting vai sempre manter uma defesa a três, mas o Coates além de ser o patrão da defesa, é uma referência nas bolas paradas ofensivas. O Sporting perde uma arma muito forte também em relação à sua concretização. Manterá as dinâmicas defensivas, mas falta a liderança no trio", comenta Henrique Calisto.