Tabata destaca-se na pré-época do Sporting: "Maldição do 7? É o que mais ouço"

Tabata destaca-se na pré-época do Sporting: "Maldição do 7? É o que mais ouço"
Frederico Bártolo

Tópicos

Tabata tem estado em bom plano na pré-época do Sporting

Bruno Tabata lesionou-se num treino em vésperas da visita ao Braga para a I Liga, em abril, a partida acabou por ser decisiva para embalar os leões para o título. Na altura, sofreu uma entorse traumática, com lesão parcial do ligamento lateral externo do joelho esquerdo.

Antes do arranque da pré-época, depois meses da lesão, Tabata já treinava na Academia, apresentando-se agora em bom plano nos jogos de preparação do Sporting.

Maldição do 7: "Ainda ouço isso. É o que mais ouço. É uma teimosia. Tenho de acreditar no meu potencial. Acabei lesionado e aparecem fantasmas, mas devo acreditar no meu trabalho, que posso demonstrar o meu potencial. Há esse mito, essas brincadeiras do número 7..."

Suor: "O mais importante é o que o jogador consegue fazer, o suor nos treinos, o que se faz no dia a dia e o símbolo que está à frente. Acredito que o trabalho vai ser coroado"

Estágio no Algarve: "Estamos em Portimão, onde vivi e fui criado para o futebol. O Algarve pelo clima, pela forma como fui recebido, é um sítio de que gosto muito. No Brasil às 21h00 tem de estar tudo em casa, é perigoso. Aqui, quando cheguei, via carrinhos de bebé à meia-noite. Foi bom, a minha adaptação foi incrível. Vou para o meu sexto ano, sinto-me português"

Declarações à Sporting TV