St. Juste está mais perto: Sporting vai desembolsar 10 milhões de euros

St. Juste está mais perto: Sporting vai desembolsar 10 milhões de euros

Presença na Champions agrada ao central. Leões estão dispostos a abrir os cordões à bolsa. Com contrato até 2023, o Mainz sabe que o atleta não quer negociar a renovação. Com tantos clubes atentos, estabeleceu os 10 milhões de euros como fasquia para os interessados.

St. Juste está mais perto do Sporting. Os leões sabem da concorrência de peso pelo jogador do Mainz, logo estão dispostos a avançar com uma proposta a rondar os dez milhões de euros pelo central, o valor que o clube alemão considerava como um patamar aceitável.

A presença na Liga dos Campeões, justamente com o fôlego financeiro que dá ao Sporting, é um ponto importante e que levou a SAD a movimentar-se pelo jogador. No entanto, a ida à Champions é também forma de aliciar o jogador de 25 anos, que regressou à convocatória do Mainz, não saindo do banco diante do Bayern Munique, depois de muito tempo ausente por lesão.

Identificado como um alvo preferencial por Rúben Amorim, por ser destro, rápido e hábil com bola, a SAD está disposta a abrir os cordões à bolsa e investir de forma célere, evitando que West Ham, Newcastle, Leicester, de Inglaterra; Sevilha, de Espanha; ou Dortmund e Leverkusen da Alemanha ganhem o concurso pelo atleta que tem contrato até 2023.

A própria Direção do Mainz já sabe que o central não quer renovar e o Sporting tenta aproveitar a indefinição de outros clubes europeus nos respetivos campeonatos para assegurar o atleta.