Exclusivo Sporting um a um no adeus à Taça: Palhinha em equipa de Plata

Sporting um a um no adeus à Taça: Palhinha em equipa de Plata
Rafael Toucedo

Tópicos

Confira a avaliação feita por O JOGO aos jogadores do Sporting na derrota (2-0) em casa do Marítimo, que ditou o adeus à Taça de Portugal.

Luís Maximiano 5
Regresso à equipa ingrato, numa eliminação e com dois golos encaixados praticamente nos dois únicos lances com os quais teve de lidar entre os postes... Mas não teve chances perante dois rivais à sua frente.

Neto 4
Envergou a braçadeira e, já que estava a arriscar o segundo amarelo, acabou substituído pela necessidade da equipa de dar a volta ao jogo. No golo sofrido foi lento no arranque e não conseguiu impedir o remate de Rodrigo Pinho, o autor do golo.

Feddal 4
O jogo estava a ser tranquilo defensivamente, mas num lance no qual foi ultrapassado em drible tudo mudou. Com a equipa em posse, ajudou na circulação e fez uma boa abertura para Tiago Tomás aos 21".

Borja 4
Discreto como é seu timbre, deveria ter sido mais agressivo na dobra a Feddal no lance do primeiro golo sofrido.

Gonzalo Plata 6
As debilidades defensivas não se notaram, e recorreu à qualidade no drible para sair a jogar e criar desequilíbrios em progressão. Combinou bem com Tabata na ala direita e esteve em algumas das jogadas mais perigosas dos leões, aos 7", aos 59" e aos 90"+1", nesta última a oferecer o golo a Sporar.

Matheus Nunes 5
Entrou bem em jogo, a aparecer na frente com perigo (aos 7" fugiu na meia direita e serviu Tiago Tomás, que atirou ao poste), mas foi-se apagando.

João Palhinha 6
Mostrou a atitude e eficácia a dominar a zona central a que nos tem habituado, mesmo com a equipa uns furos abaixo. Aos 27", com uma interceção de cabeça lançou logo Nuno Santos para situação de golo... e no contra do rival ainda conseguiu recuperar a tempo para novo corte importante. Aos 59", de outro corte seu, de carrinho, nasceu a jogada de perigo finalizada por Tabata. Podia, porém, ter mantido a concentração na marcação no 2-0...

Nuno Mendes 5
Vários cruzamentos, mas longe de outras exibições.

Bruno Tabata 6
Entrou em combinações e foi acutilante, além de perigoso nos cruzamentos, alguns disfarçados de remate. Aos 59" cheirou o golo.

Tiago Tomás 5
Uma bola ao ferro a abrir, antes do apagão.

Nuno Santos 5
Intermitente, esteve em dois lances de perigo. As coisas não lhe saíram bem.

Pedro Gonçalves 5
Tentou abanar a equipa e procurou resolver com lances individuais, mas não conseguiu.

João Mário 4
Sem impacto.

Pedro Porro 5
Tentou contagiar a equipa com a sua garra e nervo.

Sporar 4
Desperdiçou a melhor chance, já nos descontos.

Coates 4
Adicionou centímetros... ao ataque. Mas de tão previsível, não resultou.