Sporting reage ao ataque à Torcida Verde: "Atos de violência gratuita desencadeados por adeptos do clube rival"

Sporting reage ao ataque à Torcida Verde: "Atos de violência gratuita desencadeados por adeptos do clube rival"

Sporting reagiu em comunicado.

Um grupo de elementos, alegadamente com ligações à claque do Benfica, Diabos Vermelhos, foi esta segunda-feira responsável por um ataque que visou membros da claque do Sporting, Torcida Verde, em Alvalade.

As informações iniciais apontam para 12 adeptos, que chegaram ao local em duas viaturas ligeiras e uma mota, tendo dos confrontos resultado feridos. Houve necessidade de alguns dos envolvidos receberem assistência médica.

Perante estes acontecimentos, o Sporting reagiu em comunicado:

"O Sporting Clube de Portugal repudia veemente os actos de violência gratuita contra a Torcida Verde desencadeados por um grupo de adeptos do clube rival.

Situações desta natureza não dignificam o Desporto nacional nem são representativas do Futebol em particular. O Sporting CP continuará sempre a defender que a cultura de medo, de conflito e de violência deve ser banida do futebol português.

O Desporto é e deve ser cada vez mais um espaço saudável e não de agressão, criminalidade, ameaça e ódio.

É importante que as entidades competentes e que o mundo do Desporto se unam para que estes acontecimentos não se repitam.

Estes não são os valores que queremos para o Desporto nacional. Estes não são os valores que representam o ADN do Sporting CP.

À Torcida Verde, todo o nosso apoio.

Onde vai um, vão todos."