O negócio Bruno Fernandes: quanto rendeu ao Sporting e o valor em comissões

O negócio Bruno Fernandes: quanto rendeu ao Sporting e o valor em comissões

SAD apresentou este domingo as contas do terceiro trimestre.

O Sporting apresentou este domingo as contas referentes ao terceiro trimestre de 2019/20, com um resultado líquido positivo de 30,2 milhões de euros. A transferência de Bruno Fernandes para o Manchester United, no passado mercado de inverno, já se encontra descrita no documento.

"Em 29 de janeiro de 2020, a Sporting SAD chegou a acordo com o Manchester United FC para a venda dos direitos económicos e desportivos de Bruno Fernandes pelo montante de 80 milhões de euros (55 milhões de euros fixos e 25 milhões de euros variáveis), aos quais foram deduzidos o valor do mecanismo de solidariedade e de gastos associados à venda, nomeadamente as comissões de intermediação. Apesar de ter sido uma venda realizada no mercado de inverno, normalmente menos valorizado, foi a maior venda da história da Sporting SAD superando a venda do João Mário que tinha sido vendido por 40 milhões de euros", surge escrito.

De acordo com os dados divulgados, a transferência do médio internacional português rendeu 41,187 milhões de euros, com 6,557 milhões de euros em comissões associados à venda. Cerca de 7,2 milhões, relacionados com o valor líquido contabilístico do ex-capitão, também entram na equação para esta soma (valor do ativo, relacionado com verba investida quando contrataram Bruno Fernandes).