Sporting com três canhotos negociáveis e à espera de encaixe com Acuña

Sporting com três canhotos negociáveis e à espera de encaixe com Acuña
Duarte Tornesi/Filipe Alexandre Dias

Tópicos

Acuña, Borja e Lumor, que regressou de empréstimo ao Maiorca, podem sair neste defeso.

Mesmo com a "sombra" da cobiça de grandes clubes europeus, Nuno Mendes continua a ser (para já) a única certeza para 2020/2021 no que concerne à ala esquerda do Sporting.

Face ao impacto que o camisola 35 tem tido nos últimos jogos, a direção liderada por Frederico Varandas entendeu, tal como o nosso jornal oportunamente noticiou, que o próximo defeso é a altura ideal para fazer um significativo encaixe por Acuña.

Este poderá sair por um valor a rondar os 15 milhões de euros e abriria espaço à contratação de outro jogador para a posição: o internacional português Antunes, que está livre desde o término do seu contrato com o Getafe, é um dos jogadores referenciados pela SAD.

Contratado em janeiro de 2018 para jogar como lateral numa linha de quatro, Borja tem sido mais vezes utilizado como central descaído para o lado esquerdo no 3x4x3 e a chegada iminente de Feddal somada à ascensão de Gonçalo Inácio empurram o colombiano para a porta de saída de Alvalade. Lumor, que está de regresso ao Sporting após o fim do empréstimo ao Maiorca, seria outra solução para o corredor esquerdo, mas a intenção da SAD passa por negociá-lo em definitivo.