SAD com 22 milhões de prejuízo

Relatório enviado à CMVM mostra uma aumento dos resultados negativos em comparação com igual período ao ano anterior. Custos aumentaram, receitas caíram.

A SAD do Sporting acumulou prejuízos de quase 22 milhões de euros no primeiro semestre desta temporada. No relatório enviado à CMVM esta quinta-feira, os leões mostram um resultado negativo de 21,9 milhões de euros, mais 2,8 milhões do que o registado em igual período do ano anterior. O passivo total ascende agora aos 243,5 milhões de euros, que não é coberto pelo total de ativos, avaliado em 145,9 milhões. A diferença resulta num capital negativo de 97,5 milhões, o equivalente a 67 por cento do total de ativos.

Para estes números muito contribuem a quebra de receitas (de 20,7 milhões em dezembro de 2011 para 17,7) e o aumento dos custos (de 30,8 para 34 milhões de euros). Os custos com pessoal dispararam desde junho de 2012, altura em que foi feito o último relatório semestral. A 31 de dezembro cifraram-se nos 22 milhões de euros, mais 2,68 milhões do que seis meses antes.

Com um plantel avaliado em 45,125 milhões de euros, os leões gastaram ainda mais de 2 milhões de euros em indemnizações.