Rúben Vinagre, os contactos de Rúben Amorim e um sonho: "Todos querem..."

Rúben Vinagre, os contactos de Rúben Amorim e um sonho: "Todos querem..."
Frederico Bártolo

Tópicos

Reforço do Sporting em entrevista ao Canal 11.

Praxe em falta: "Ainda não fui praxado, em breve vou ser."

Sentimento de regressar ao Sporting e conversas com Rúben Amorim: "Estou satisfeito por estar de volta. Fiquei contente. O Sporting é uma equipa muito grande, disputa muitas competições, vi com muito bons olhos, podia crescer e evoluir aqui. Amorim falou comigo antes e ajudou-me a decidir. Disse-me que seria mais um para ajudar."

Concorrência: "Não me assusta a concorrência. Estamos para o mesmo. O importante é chegarmos ao fim cumprindo os objetivos do Sporting. Têm sido dias de aprendizagem, estou a aprender a cultura do mister."

Pode jogar a defesa-direito? "Sou capaz de jogar onde o mister achar [que devo]. Não tenho escolha nem preferência. Vou dar o meu melhor."

Reencontro com Luís Maximiano, Daniel Bragança e Pote: "Fica mais fácil na integração. Têm sido acessíveis e a adaptação tem sido fácil. Sinto-me preparado. Foi um passo importante. O clube é grande, tem muitas competições.

Título? "Venho com a ambição de crescer e evoluir e ajudar o Sporting a conseguir os seus objetivos. Podem esperar um Vinagre que gosta de ter bola, que procura crescer de jogo para jogo."

Jogar Liga dos Campeões é um sonho? "Todos querem jogar a Liga dos Campeões. Claro que sonho. Sem dúvida que é um grande palco."

Pensa em chegar à seleção? "Neste momento o foco não é esse, primeiro tenho de estabilizar-me aqui para depois pensar no resto."

Rúben Amorim: "Tenho estado a gostar muito, a adaptar-me ao sistema da equipa. É um grande treinador, que me vai ajudar a crescer."

Supertaça: "É um jogo importantíssimo que dá um título, que temos de entrar para vencer o jogo e representar o Sporting."