Rúben Amorim: "Só penso em vencer pelos meus jogadores, pelo clube e pelo encaixe financeiro"

Rúben Amorim: "Só penso em vencer pelos meus jogadores, pelo clube e pelo encaixe financeiro"

Declarações de Rúben Amorim, treinador do Sporting, esta terça-feira, em conferência de antevisão ao jogo com o Dortmund, às 20h00 desta quarta-feira, a contar pela 5.ª jornada da Liga dos Campeões.

Última vitória com uma equipa alemã foi em 2015, com o Schalke: "Vou ser muito sincero. Só penso em vencer pelos meus jogadores, pelo clube e pelo encaixe financeiro porque passando a próxima fase poderemos aguentar mais os jogadores não teremos que estar sempre com essa preocupação. Sinceramente, o que eu penso é muito no futuro do clube, na alegria dos adeptos, esse é o meu primeiro pensamento, mais do que ficar na história porque ganhamos de uma equipa alemã".

Sporting maior: "O nosso objetivo é tornar o Sporting um clube onde vai sempre na Europa e que ganha aos alemães, aos italianos, aos espanhóis, esse é o nosso objetivo e passa muito por esses pequenos ganhos e encaixe financeiro segurando os nossos melhores jogadores, fazendo crescer o clube, a academia... Portanto, é uma coisa a longo prazo. Esses pormenores de ganhar a uma equipa alemã para um treinador não tem qualquer, pelo menos quanto a mim, não tem nenhum valor".

Pressão extra em si por apuramento: "Não é o momento com mais pressão, tivemos aqui momentos muito difíceis. Agora, eu sinto a pressão porque é tão claro o caminho que nós queremos seguir, mas depende de algumas coisas. E depende dos resultados desportivos e resultados financeiros. Não há muitas maneiras de fazer dinheiro. E nós enquanto clube preferimos fazer assim para termos margem de manobra. Não é a minha área, mas estou a falar do que penso para mim. Quero manter os nossos jogadores sabendo que é importante ter receitas. Em vez de estar a pensar em recordes, queremos passar porque o Sporting merece, é um grande clube, mas temos um caminho longo que depende dessas coisas e queremos muito fazer acontecer."