Rúben Amorim revela onze titular do Sporting para a receção ao Santa Clara

Rúben Amorim revela onze titular do Sporting para a receção ao Santa Clara
Vanda Pinto / Frederico Bártolo

Tópicos

Declarações de Rúben Amorim, treinador do Sporting, em conferência de Imprensa de antevisão ao jogo com o Santa Clara (sábado, 20h30), da 34.ª e última jornada da Liga Bwin.

Surpresas no último jogo? "Vai haver uma rotação da equipa, talvez saia o Adán e entre o João Virgínia. Vamos tentar aproveitar os minutos para fazer crescer. Santa Clara melhorou com o Mário Silva, prevejo um jogo difícil. Queremos fazer 85 pontos e esse é o objetivo."

O que Rúben Amorim tem de melhorar? "Alguém que tem dois anos e meio como treinador principal tem de melhorar muita coisa. Entender melhor o dia a dia, os momentos de pressão. Tudo isto cresce com a experiência. O crescimento da equipa acontece porque dei passos em frente na minha formação, na minha forma de ver. Mesmo treinadores com 20 anos de carreira devem continuar a crescer. Sinto-me mais tranquilo, a equipa controla melhor o jogo. Não poderia continuar naquele ritmo de expulsões. Fazia-me impressão levar uma boca dos outros treinadores, felizmente agora temos público, ouve-se menos. Passei por momentos difíceis, por processos judiciais, isso altera a forma de estar. Foi muito importante para mim ser campeão."

Onze titular para o jogo com o Santa Clara: João Virgínia, Nuno Santos, Coates, Inácio, Porro, Neto, Bragança, Palhinha, Pote, Sarabia e Tabata.