Rúben Amorim e a goleada com o Ajax: "Doeu a toda a gente. Quando se leva estas pancadas..."

Rúben Amorim e a goleada com o Ajax: "Doeu a toda a gente. Quando se leva estas pancadas..."

Treinador do Sporting em conferência de Imprensa de antevisão ao jogo com o Estoril, agendado para domingo, a contar para a sexta jornada da Liga Bwin.

Estoril: "Prevemos muitas dificuldades, é uma equipa que está à nossa frente, não tem nada a perder, está a fazer um excelente campeonato, vai jogar sem responsabilidade nenhuma, com um processo bem assimilado, com um bom treinador. Depois esse à vontade traz o melhor do jogadores. Sem qualquer preocupação, vamos ter uma equipa muito perigosa. Conhecemos bem o Estoril e vamos dar resposta a tudo o que acontecer. Ter atenção também ao vento. Pode estar vento e também há que ter atenção a isso nas bolas paradas. Todos os pormenores vão contar. Estaremos preparados."

Goleada com o Ajax (1-5, na jornada inaugural da fase de grupos da Liga dos Campeões): "Doeu a toda a gente. Aos jogadores, à equipa técnica, aos adeptos, porque a ilusão é sempre muito grande. Eles confiam muito na equipa, eu confio muito nos jogadores, eles confiam muito em mim. Fomos claramente de peito aberto e estamos sempre a aprender. Faz parte. Uma equipa que sente o jogo como a nossa sente, nós não podemos ter os dois lados da mesma moeda. Quando se leva estas pancadas sente-se bastante, mas pode-se sempre dar a volta."

Reação: "Não sei qual vai ser reação. Foi uma pancada muito forte, não vale a pena estarmos aqui à volta do assunto. Uma equipa que tem o espírito que tem, quando há estas derrotas é normal que sinta no ambiente. Nada melhor do que um jogo. O foco desta semana foi muito ver o que temos de fazer. Olhámos para o Estoril, mas olhámos muito para a nossa equipa. Podemos estar com todas as psicologias, com todas as teorias junto da equipa... mas o melhor é, passo a passo, durante o treino mostrarmos como pressionamos, como trabalhamos a bola, como saímos em construção. Trabalhámos muito naquilo que temos de fazer, porque isso é o que dá confiança aos jogadores. Mais do que estar com conversas, é mostrar que somos uma excelente equipa e porque é que somos. Vamos estar preparados para o jogo. Depois da bola rolar tudo se esquece."