Ricciardi não poupa Varandas: "Depois vamos vender o quê? O relvado?"

Ricciardi não poupa Varandas: "Depois vamos vender o quê? O relvado?"

Candidato derrotado nas últimas eleições do Sporting deixa fortes críticas às decisões da Direção liderada por Frederico Varandas.

José Maria Ricciardi, candidato derrota nas últimas eleições do Sporting, deixou esta terça-feira fortes críticas à Direção liderada por Frederico Varandas. "Não fiquei surpreendido e não fico surpreendido com nada do que se está a passar no Sporting. Só fico surpreendido com as pessoas que ficam surpreendidas com aquilo que se está a passar", referiu Ricciardi, num dia em que foi anunciada a saída de Marcel Keizer do comando técnico.

"O Doutor Varandas disse que o circo tinha acabado... Maior circo que este no Sporting não me lembro e já sou sócio há muitos anos", atirou, recordando o período eleitoral. "Na altura que eu disse que se ia herdar uma situação muito difícil, Frederico Varandas desmentiu-me, achava que a situação era muito boa. Isto mostra bem que Varandas não teve competência para perceber ao que ia", vincou, em declarações à Rádio Observador.

Ricciardi também abordou as movimentações do Sporting no último dia do mercado, que ditou as chegadas de Jesé Rodríguez, Bolasie e Fernando, todos por empréstimo. "Eu não conheço nenhum clube grande que comece a construir uma equipa com emprestados... Depois vamos vender o quê? O relvado?", questionou