Exclusivo Registos impressionam e Rúben Amorim testa a maldição

Registos impressionam e Rúben Amorim testa a maldição
António Pires / Frederico Bártolo

Tópicos

O Sporting arranca amanhã, na receção ao Vizela, a defesa do campeonato que fugia desde 2002 e três troféus ganhos em 17 meses; o técnico almeja também tornar-se o mais bem-sucedido do século.

Rúben Amorim já ganhou um lugar na história do Sporting, com o título ganho na época passada que pôs termo ao maior jejum (19 anos) do clube. Mas, o jovem técnico, de 36 anos, inicia a nova temporada - já com uma Supertaça no currículo - com um desafio ainda maior pela frente: chegar ao bicampeonato.