Rafael Leão e Sporting em diálogo para atenuar dívida. Jorge Mendes facilita acordo

Rafael Leão e Sporting em diálogo para atenuar dívida. Jorge Mendes facilita acordo
Bruno Fernandes | Filipe Alexandre Dias

Tópicos

Os verdes e brancos ponderam ajustar o montante que o avançado foi condenado a pagar na circunstância de se atingir uma plataforma de acordo a breve trecho. Vontade de todos é fechar o dossiê

A Sporting, SAD e Rafael Leão estão em contacto por um acordo que permita selar o contencioso que os separa desde que o atleta rescindiu unilateralmente contrato com os leões a 14 de junho de 2018, ingressando depois no Lille. Entretanto transferido para o AC Milan, o avançado foi condenado pelo Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), a 18 de março, a ressarcir os verdes e brancos em 16,5 milhões de euros por não lhe ser reconhecida justa causa para revogar o vínculo, mas O JOGO sabe que as partes entraram em diálogo para acordar uma verba e selar a questão de vez.

Segundo mais informações apuradas pelo nosso jornal, o montante da indemnização determinada pelo TAD poderá ser reduzido, assim a sociedade leonina e o avançado de 21 anos cheguem a entendimento rapidamente.

Recorde-se que o caso precipitou-se após o famigerado episódio da invasão à Academia Sporting em Alcochete, a 15 de maio de 2018. Menos de um mês depois, Rafael Leão entregou uma carta de rescisão invocando justa causa para cessação do contrato, reclamando uma indemnização de 290 mil euros de vencimentos em dívida, verba a sofrer um agravamento de 100 mil euros, valor este respeitante a assédio moral.

O ato mereceu contestação dos serviços jurídicos da Sporting, SAD a 20 de agosto desse mesmo ano e os leões alegaram que Rafael Leão causara prejuízos ao cessar o contrato, solicitando absolvição e uma indemnização de 45 milhões de euros, acrescidos de juros. Os lisboetas apresentaram posteriormente uma ação na FIFA Dispute Resolution Chamber contra o atacante e contra o Lille, que entretanto adquirira o atleta - o emblema francês salvaguardou, todavia, a sua posição no processo, nunca tendo sofrido qualquer advertência ou punição.

Depois de a FIFA declarar-se incompetente para julgar o processo, o mesmo transitou para o TAD, o qual leu a sentença há mais de três meses, mas eis surge agora a possibilidade de se chegar a um acordo.

Jorge Mendes à mesa como desbloqueador

Peça importante na ronda de conversações já encetada é o agente Jorge Mendes. O influente empresário português gere a carreira do jovem avançado desde o verão de 2019, altura em que negociou a sua transferência do Lille para o Milan, sendo que antes esteve perto de o colocar no mercado espanhol. Com Jorge Mendes à mesa, o diálogo tem-se revelado mais fácil, sendo que é vontade de todos os envolvidos na disputa que a solução seja tão breve quanto pacífica.