"Quanto valho agora? Não penso no valor porque não penso em sair do Sporting"

"Quanto valho agora? Não penso no valor porque não penso em sair do Sporting"

Rúben Amorim, treinador do Sporting, em conferência de Imprensa ao jogo frente ao Rio Ave (sexta-feira, 18h30).

Saber que vai sair líder desta jornada dá conforto? "O conforto é sempre o mesmo, o desafio é sempre o mesmo. Queremos ganhar, sabemos que faltam muitas jornadas, mas levamos muito jogo a jogo. Não pensamos se temos vantagem, se temos apenas um ou quatro pontos [de avanço]. Foi uma semana diferente, porque já não estávamos habituados a perder, mexeu com o grupo. Preparámos bem o jogo, tivemos a situação ontem [quarta-feira] a seguir ao treino [covid-19], voltámos a mudar, de resto não houve nada diferente, os jogadores só têm de se preocupar em ganhar ao Rio Ave, não precisam de pensar em mais nada."

Muitas alterações contra Marítimo foram o maior erro desde que chegou ao Sporting? "Não. Não perdemos o jogo pelos jogadores que se mudou. O meu objetivo de sempre é ganhar, mas não me esqueço de onde estou e qual é o projeto. Se não vamos meter os jovens e outros, quando os vamos pôr a jogar? Jogadores precisam de oportunidades. Por exemplo, o Neto tem covid-19, vai jogar o [Eduardo] Quaresma. É a nossa forma de ver.Entendemos que as devíamos fazer e claramente o jogo diz-nos [que não foi por isso]. Contra o Belenenses jogámos pior e ganhámos. O que nós não fizemos foi golos. Confio nos jogadores todos e provo isso sempre. Não é um erro. Quando há derrotas é normal que se olhe para tudo. Na primeira parte podíamos ter resolvido e não resolvemos."

Quanto vale agora, que tem o nível IV e está a ter estes resultados? "O valor de mercado não se vê pelo nível IV, vê-se pelas derrotas. Hoje sou capaz de valer menos, porque perdi. Fomos eliminados da Taça por isso claramente o valor é inferior. Não penso nisso. Nem me interessa, acho que é um marco importante na minha carreira. Quero ser treinador principal, um clube como o Sporting merece isso. Eu fiz por isso, estou dentro das regras, e portanto agora é seguir com o meu trabalho, sou muito feliz a trabalhar aqui. Não penso no valor porque não penso em sair do Sporting."