Pedro Gonçalves só regressa depois da paragem das seleções

Pedro Gonçalves só regressa depois da paragem das seleções
Frederico Bártolo

Tópicos

Inflamação no pé esquerdo continua a travar o criativo de 23 anos. Ainda sem treinar normalmente, os leões esperam reabilitar o jogador nas próximas semanas e tê-lo a meio de outubro

Pedro Gonçalves é baixa confirmada nos próximos três jogos do Sporting. "Até à paragem das seleções não estará connosco. Serão seis jogos sem podermos contar com ele", assim informou Rúben Amorim, enumerando que o criativo, e melhor marcador da equipa, falha os jogos com o Marítimo, o Dortmund e o Arouca, relembrando que já tinha ficado de fora contra FC Porto, Ajax e Estoril. Conformado, o técnico admitiu ainda: "Estamos preocupados com a saúde do Pote, ele faz-nos falta. Mas está mais animado, já foi ao campo um bocadinho", reconhecendo: "Há pressa, mas não há pressa. Tem muita influência, pelos golos que marca, pela atitude que tem, pela forma como preenche espaços. Esses jogadores são muito importantes."

O melhor marcador da Liga de 2020/21, com 23 golos, e autor de quatro golos nos primeiros cinco jogos da presente época, Pedro Gonçalves deixou no passado dia 31 a Seleção Nacional, depois de revelar dores num treino. A lesão não foi então revelada, mas o jogador de 23 anos tem uma inflamação no pé esquerdo e, falhando mais três jogos pela equipa verde e branca, ficará 32 dias fora de combate. Pelo Sporting, em 2020/21, só falhou três jogos por problemas físicos e nem foram seguidos: no início da temporada a covid-19 obrigou-o a ficar afastado dois encontros e depois um problema num joelho afastou-o de uma partida em novembro. Os outros dois jogos que falhou deveram-se a castigo, por acumulação de amarelos na Taça de Portugal e outro por vermelho na Liga, competição onde só não foi opção em duas ocasiões tal o seu peso na manobra coletiva.

Depois do jogo do Arouca, de 2 de outubro, chega a janela para as seleções. Nessa altura, o Sporting conta que Pote acelere a sua recuperação para poder regressar à competição o mais tardar na deslocação ao campo do Besiktas, dia 19 de outubro, em partida da terceira jornada da Liga dos Campeões.

Gonçalo Inácio falha Marítimo e Dortmund

Gonçalo Inácio deverá ter uma paragem inferior a Pedro Gonçalves, mas, por continuar sem treinar no relvado com a equipa, está também fora de combate. "Não estará com o Marítimo nem com o Dortmund. O Arouca está a um mundo de distância", explicitou Amorim, deixando a porta entreaberta para o regresso do central no jogo de 2 de outubro. Inácio teve este ano uma lesão num pé, falhou o clássico, recuperou e lesionou-se frente ao Ajax, sofrendo uma entorse na articulação tibiotársica direita, saindo aos 21 minutos.