Exclusivo Partir pedra por Bruno: reunião para acertar aumento salarial e um entrave negocial

Partir pedra por Bruno: reunião para acertar aumento salarial e um entrave negocial
Duarte Tornesi / Rui Miguel Gomes

Tópicos

Reunião entre Frederico Varandas e o agente Miguel Pinho no pós-Seleção para acertar aumento salarial.

Frederico Varandas, presidente do Sporting, e Miguel Pinho, empresário de Bruno Fernandes, sabe O JOGO, vão reunir-se após o duplo compromisso da Seleção Nacional - frente à Sérvia e Lituânia - para discutir, em conjunto com o capitão leonino, os termos de um novo contrato que deverá ser rubricado na sequência da melhoria contratual prometida pelo dirigente máximo dos leões.

Porém, as negociações, de acordo com as informações recolhidas pelo nosso jornal, não se afiguram fáceis, apesar do entendimento do presidente leonino quanto ao "alinhamento total" entre Sporting, agente e jogador. Desde logo, a vertente financeira é a grande condicionante para os dirigentes leoninos, que apontam para que Bruno Fernandes passe a auferir um vencimento anual líquido na ordem dos 1,7 a 1,8 milhões de euros (M€) por temporada, representando assim um encargo anual para a SAD, incluindo, claro, a componente fiscal, entre os 3,4 M€ e 3,6 M€.