Os pormenores da contratação de Marcelo pelo Sporting

Os pormenores da contratação de Marcelo pelo Sporting
Bruno Andrade/Bruno Fernandes/Vítor Rodrigues

Tópicos

Interrogação apenas sobre se o defesa ainda veste de leão ao peito esta época ou se Sporting terá de esperar por julho

Marcelo, central de 28 anos que representa o Rio Ave, vai ser reforço do Sporting. Resta saber... quando. Ao que O JOGO apurou, jogador e SAD rubricaram um contrato válido por três épocas com outra de opção, com início a 1 de julho de 2018, o primeiro dia após o brasileiro terminar a ligação com os vila-condenses. Aconteça o que acontecer, o defesa vai rumar a Alvalade, mas neste momento os verdes e brancos tentam antecipar a sua chegada. No fundo, dar a Jorge Jesus a primeira "prenda" de Natal para que nada falhe no que resta da época.

Na operação, e ao que foi possível perceber, poderá entrar o nome de Tobias Figueiredo, central de 23 anos que o Sporting quer colocar na próxima janela de transferências, e que caso se acorde a sua mudança para os Arcos pode entrar diretamente para a posição de Marcelo. A juntar a esta cedência, que será sempre por empréstimo, deverá somar-se uma verba a pagar pela SAD, ressarcindo o Rio Ave pela antecipação da contratação do central. Certas também são as boas relações que ambos os clubes têm mantido nas últimas épocas e que têm permitido várias trocas de jogadores, como Marvin ou Francisco Geraldes (ver coluna): é mais um dado que acresce às probabilidades de o brasileiro se juntar à nova equipa em breve.

Outra perspetiva para a concretização imediata da mudança passa pelo facto de o Rio Ave saber de antemão que Marcelo já tem contrato assinado com o Sporting, válido a partir de julho, mas que em janeiro ainda pode tirar algum tipo de contrapartida pelo defesa: dinheiro pelos seis meses de contrato que ligam clube a jogador, mais a tal inclusão de Tobias no plantel. Estas são questões para serem debatidas nas próximas horas, quando faltam menos de duas semanas para abrir a "janela".

Melhor seria impossível

Natural do Rio de Janeiro e com passagem pelas camadas jovens do Vasco da Gama, Marcelo rumou a Portugal ainda jovem: do Rio Preto, saltou para o Ribeirão, dos escalões secundários, antes de despertar a atenção do Rio Ave, com quem assinou contrato no final da época 2010/11. Após um empréstimo ao Leixões, fixou-se definitivamente nos Arcos, onde há mais de cinco anos é um dos indiscutíveis. Em 2014, esteve pela primeira vez na mira do Sporting: Marco Silva, então técnico dos leões, era um apreciador confesso das características do central, que tentou levar para Alvalade na janela de inverno.